quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Nono Dia Novena de Natal

Hoje é o dia da Noite Feliz. Amanhã é Natal. Chegamos ao fim da nossa Novena de Natal, é o momento da celebração

A Virgem dará à luz o Filho de Deus e Lhe porá o nome de Jesus. Hoje, é um dia de ação de graças, porque celebramos, nesta noite, o maior mistério da nossa fé, que é o fato de o Filho Unigênito de Deus Todo-poderoso e Eterno ter assumido nossa natureza humana e se feito um de nós. Hoje, celebramos o centro da história, Deus em meio a nós, dando-nos alegria e paz com Sua presença e Seu amor.
Nesta Noite Santa, quando os anjos cantam a fidelidade do Senhor que nasceu em Belém, que esse canto que ecoa na história encha de alegria e paz o coração de cada um de nós que estamos aqui, e que nossa família, nesta noite, sinta a presença de Deus em nosso meio.

Nono dia

Motivação:

:: Nesta noite de Natal, coloque o anjo; e, à meia noite, estando toda a família reunida, que o menor da casa, o avô e a avó, tragam em procissão a imagem do Menino Deus e o coloquem no presépio.
:: Que este momento seja de oração e recolhimento, onde cada um coloque sua própria vida nas mãos do Menino Deus, pedindo Suas graças e Sua bênção.
:: Hoje é o dia ideal para chamar aquela pessoa com quem você brigou, desentendeu-se ou com quem você tenha algum conflito para lhe desejar Feliz Natal. Ao fazer isso, que o amor seja maior que tudo o que foi vivido. Que hoje seja dia de alegria e paz!
Oração Inicial
:: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Maria, Virgem Grávida, Mulher de Deus, Virgem do ‘sim’ fecundo. Tu, que fecundaste ao Verbo de Deus e O levaste em teu seio durante nove meses, sentindo-O palpitar e crescer dentro de ti, experimentando Sua presença e sendo transformada por Ele.
Nestes dias que antecedem o nascimento de teu Filho, nós queremos acompanhar-te; queremos estar contigo para aprender de ti a levar a Deus no coração e deixarmo-nos transformar por Sua presença.
Maria, Virgem Grávida, pedimos-te que, ao acompanhar-te, sejas tu quem interceda por cada um de nós, para que possamos celebrar o Natal cheios da presença de teu Filho em nossa vida. Maria, Virgem Mãe, mulher da espera confiada, pede por nós para que, neste Natal, todos possamos ficar mais perto de seu Filho, e assim sermos capazes de recomeçar, de perdoar e ser perdoados, de voltar a amar e ser curados interiormente para celebrar e viver a vida de Deus em nós.
Maria, Virgem do ‘sim’ e da realização, Virgem Mãe do silêncio eloquente, ajuda-nos a celebrar este Natal, tendo seu Filho centro de nossa vida. Maria, pede por nós agora e sempre.
Que assim seja.
Leitura:
Aprofundar-se no Evangelho, ler a Palavra e deter-se nela. Ver os detalhes dos personagens. Fazer uma leitura gastando tempo para conhecê-la e escutar o Senhor.

Contemplação

É buscar apropriar-se do texto, não o olhar com expectador, mas ser participante da cena. Ter uma relação pessoal e direta com os personagens. Usar a imaginação para conhecê-los e aprofundar-se neles interiormente.
Oração: Senhor, é hoje a Noite Feliz. Hoje, todos estamos contentes. Há muito movimento, muitos preparativos, há ambiente de festa. Tanto os que creem em Ti quanto os que não creem hoje celebram o Natal. Em algumas casas nascerás, e em outras haverá apenas árvores com luzes, mas igualmente Tu estarás aí. Hoje, é Noite Feliz, e nós que cremos em Ti celebramos o Teu nascimento. Hoje, é um dia do qual não podemos nos esquecer, porque é a manifestação mais plena e eloquente de que Tu és um Deus amigo, alguém presente em nossa vida, que se interessa por nós, que nos ama com amor infinito, até querer ser um de nós. Hoje, é o dia por excelência, pois Tu vieste nos dar vida com Tua vida, com Teu nascimento nos devolveu a vida de Deus. Hoje, Senhor, celebramos Tua fidelidade e Teu amor sem limites, e é por isso que São João nos diz:
“Tanto Deus amou o mundo, que nos enviou Seu próprio filho”. Sim, Senhor, hoje é a festa do amor e da fidelidade, é a Tua festa, porque Tu nos deste a vida vindo viver nossa vida.
Obrigado, Senhor!
Oração: Senhor, hoje a liturgia nos apresenta o canto de Zacarias, onde quer manifestar o que é o Teu amor, nos que mostrar como e de que maneira Tu atuas. Tu cumpres o que prometes e tudo faz por amor, para ti não conta a nossa infidelidade, mas que Tu continuas nos amando e sendo fiel, mesmo sem ser amado. Senhor, nesta Noite Santa, quando celebraremos o Natal, pedimos-Te que nos ajudes a valorizar o que é ter fé em Ti. Que nesta noite, cada um de nós possa renovar sua fé, e que não nos cansemos de Te agradecer, porque és um Deus formidável e excepcional, único, cheio de amor e ternura, alguém que faz até o impossível para demonstrar o quanto nos ama. Senhor, renova-nos em teu amor, enche-nos de alegria e gozo como Tua Mãe Santíssima, e que o canto dos anjos inunde os nossos corações e nos faça experimentar Tua paz e alegria. Senhor, que nesta noite possamos sentir a alegria do céu.
Que assim seja.

Oração Final

Menino Jesus, o Deus vivo e verdadeiro, o Todo-poderoso e eterno, que assumiu nossa natureza para se fazer um de nós, que quisestes compartilhar nossa vida para nos redimir. Tu que quisestes experimentar o calor de um abraço, a ternura de um beijo de uma mãe, os braços fortes de um pai, que quisestes ser cuidado por uma mãe. Não há Deus igual a Ti, que se empenhe em estar junto de nós. Tu és o Emanuel, o Deus conosco, que nascestes para dar a vida. Conceda-nos que, nesta Noite Santa, cada família sinta tua paz e tua alegria. Que sintamos o gozo que sentiram os pastores, que cada um tenha a paz de Tua Mãe, que todos experimentemos o gozo do céu que se sentiu na terra. Que, nesta Noite Santa, Tu, Menino Jesus, no dia de Teu aniversário, nos dê a Tua bênção e fique para sempre em nossa casa. Hoje e sempre, encha-nos de bênçãos.
Que assim seja.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Oitavo Dia da Novena de Natal

No oitavo dia de nossa preparação para o Natal, vésperas da Noite Feliz, a liturgia nos apresenta o nascimento de João Batista

É uma passagem que nos ajuda a ver a atitude de Zacarias e de Isabel, que buscam ser fiéis ao que o anjo lhes havia ordenado, dando ao filho o nome de João. Assim como Zacarias ficou mudo ante o anúncio do anjo, agora sua língua se solta para louvar e bendizer o Senhor.

Oitavo dia

Motivação:

:: Neste oitavo dia da novena de Natal, continue preparando o presépio. Depois de ter colocado a imagem de Maria, de José, dos pastores e dos animais, nesta oportunidade vamos colocar a estrela.
:: Que cada um deixe a própria vida nas mãos do Senhor, agradecendo-Lhe por tudo o que Ele fez por nós.
:: Fazer algum gesto concreto de sensibilidade e generosidade com alguma família que estará só, ou que faltará algum membro. Convidá-los para rezar amanhã ou para a Missa de Natal. Ser para eles presença.

Oração Inicial

:: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Maria, Virgem Grávida, Mulher de Deus, Virgem do ‘sim’ fecundo.
Tu que fecundaste ao Verbo de Deus e O levaste em teu seio durante nove meses, sentindo-O palpitar e crescer dentro de ti, experimentando Sua presença e sendo transformada por Ele.
Nestes dias que antecedem o nascimento de teu Filho, nós queremos acompanhar-te; queremos estar contigo para aprender de ti a levar a Deus no coração e nos deixarmos transformar por Sua presença.
Maria, Virgem Grávida, pedimos-te que, ao acompanhar-te, sejas tu quem interceda por cada um de nós, para que possamos celebrar o Natal cheios da presença de teu Filho em nossa vida. Maria, Virgem Mãe, mulher da espera confiada, pede por nós para que, neste Natal, todos possamos ficar mais perto de seu Filho, e assim sermos capazes de recomeçar, de perdoar e ser perdoados, de voltar a amar, e ser curados interiormente, para celebrar e viver a vida de Deus em nós.
Maria, Virgem do ‘sim’ e da realização, Virgem Mãe do silêncio eloquente, ajuda-nos a celebrar este Natal, tendo seu Filho como o centro de nossa vida. Maria, pede por nós agora e sempre.
Que assim seja.
Leitura: Lc 1,57-66
Aprofundar-se no Evangelho. Ler a Palavra e deter-se nela. Ver os detalhes dos personagens. Fazer uma leitura gastando tempo para conhecê-la escutando o Senhor.

Contemplação

É buscar apropriar-se do texto, não o olhar com expectador, mas ser participante da cena. Ter uma relação pessoal e direta com os personagens. Usar a imaginação para conhecê-los e aprofundá-los interiormente.
Oração: Senhor Jesus, vendo como Teu Pai atuou na vida de Zacarias e de Isabel, como lhes preparou um projeto de amor e como João foi a alegria deles, pensa-se no grande e maravilhoso mistério que é ter uma família, ter um pai e uma mãe, e poder dizer que temos um lugar. Senhor, vendo o amor que Tu manifestastes a Zacarias e Isabel, dando-lhes um filho, dou-Te graças por meu pai e minha mãe, pela generosidade deles em me dar a vida. Bendito seja o Senhor pelo amor dos meus pais, que é reflexo e manifestação do amor que Tu tens por mim. Obrigado, Senhor, porque me amaste por meio dos meus pais. Obrigado, porque minha mãe me quis e cuidou de mim dentro de si e depois me deu a luz. Obrigado pelo nome que tenho. Obrigado, porque tens o meu nome escrito na palma de Tuas mãos. Obrigado, Senhor, porque para ti eu sou único e irrepetível. Obrigado, Senhor, porque existo e posso Te louvar por ter me dado a vida, ter me dado um pai e uma mãe.
Que assim seja.
Oração: Senhor, vendo como Tu deste a graça a Zacarias e à Isabel para gerar uma vida, para serem pais em sua velhice, e como eles souberam responder ao convite que Tu lhes fizeste, peço-Te que abençoe cada pai e cada mãe de família. Que cada pai tenha a fortaleza que teve Zacarias, a fé e a entrega de José, a disposição e abertura de coração para ser em todo momento um instrumento teu, para que os filhos vejam nos pais um exemplo e testemunho. Encha também, Senhor, o coração de cada mulher que é mãe, para que com Tua ternura e Teu amor possam transmitir o amor que Tu nos tens. Faz Senhor, que nossos filhos encontrem a alegria e a felicidade na alegria de Teus filhos. Que cada família seja reflexo da Tua Família. Que em todas haja paz, amor, alegria e felicidade, como havia na Tua.
Que assim seja.

Oração Final

Senhor Jesus, estamos chegando ao fim de nossa novena, Tua festa está chegando, e isso nos enche de alegria, pois vemos que Tu, o Deus eterno e todo-poderoso, quiseste ter uma família, buscaste uma mulher para ser Tua mãe, tiveste José como pai e com eles formaste uma família. Foi onde aprendeste a arte de viver, onde recebeste carinho e afeto, onde sentiste o abraço de uma mãe, onde tiveste a mão firme de um pai, de quem aprendeste a dar valor à vida.
Senhor, nesta véspera da Noite Feliz, pedimos-Te que encha de bênçãos este lugar, que possamos sentir Tua presença em meio a nós, que Tu sejas o centro de nossa vida, nos inundando de amor e paz, que nos concedas a graça de nos querer cada vez mais, que cada dia nossa família cresça no amor, na compreensão, na entrega mútua, em interesse e preocupação com o outro. Senhor, Tu que tiveste uma família, abençoa a minha, encha-nos de graça para que cada dia Te imitemos mais e mais, e busquemos viver como vocês viveram. Senhor Jesus, abençoa-nos, e que amanhã, ao celebrar o Teu nascimento, sintamos-Te junto de nós e Tu nos encha de alegria e paz.
Que assim seja.

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Sétimo Dia Novena de Natal

Neste sétimo dia da novena de Natal, a liturgia nos apresenta o canto do Magnificat, para nos ajudar a preparar para o nascimento do Senhor Jesus

A atitude de Maria com este canto é um programa de vida, um reconhecimento da presença e da ação de Deus em nossa vida.

Neste tríduo que antecede o Natal e o fim do ano, esta atitude de gratidão e reconhecimento deve ser o que caracteriza nossa relação com o Senhor e com os demais.

7º DIA

Sétimo dia

Motivação:

:: Neste sétimo dia da novena de Natal, continue preparando o presépio. Depois de ter colocado a imagem de Maria, de José, do estábulo, da manjedoura, dos pastores, colocar as ovelhas, demonstrando como cada um deve louvar e bendizer a Deus, desde o que tem e faz.

:: Que cada um faça uma oração, louvando e bendizendo ao Senhor pela própria vida, pela família, pelo trabalho, pela saúde, pelo que cada um tem e pelo que falta também.

:: Fazer algum gesto concreto de gratidão e agradecimento. Ser capaz de dizer aos que o rodeiam: “”obrigado por…” Fazer o mesmo na família. Expressar a gratidão com um abraço, um gesto, uma ligação; ser capaz de dizer ““obrigado””.

Oração Inicial

:: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Maria, Virgem Grávida, Mulher de Deus, Virgem do ‘sim’ fecundo. Tu que fecundaste ao Verbo de Deus e o levaste em teu seio durante nove meses, sentindo-O palpitar e crescer dentro de ti, experimentando Sua presença e sendo transformada por Ele.

Nestes dias que antecedem o nascimento de teu Filho, nós queremos acompanhar-te; queremos estar contigo para aprender de ti a levar Deus no coração e nos deixarmos transformar por Sua presença.

Maria, Virgem Grávida, pedimos-te que, ao acompanhar-te, sejas tu quem interceda por cada um de nós, para que possamos celebrar o Natal cheios da presença de teu Filho em nossa vida. Maria, Virgem Mãe, mulher da espera confiada, pede por nós para que, neste Natal, todos possamos ficar mais perto de seu Filho, e assim sermos capazes de recomeçar, de perdoar e ser perdoados, de voltar a amar, e ser curados interiormente, para celebrar e viver a vida de Deus em nós.

Maria, Virgem do ‘sim’ e da realização, Virgem Mãe do silêncio eloquente, ajuda-nos a celebrar este Natal, tendo seu Filho como o centro de nossa vida. Maria, pede por nós, agora e sempre.

Que assim seja.

Leitura: Lc 1, 46-56

Aprofundar-se no Evangelho. Ler a Palavra e deter-se nela. Ver os detalhes dos personagens. Fazer uma leitura gastando tempo para conhecê-la, escutando o Senhor.

:: Vivamos o Natal com alegria e simplicidade
:: Natal é tempo de alegria
:: Jesus quer nascer em sua casa

Contemplação

É buscar apropriar-se do texto, não olhá-lo com expectador, mas ser participante da cena. Ter uma relação pessoal e direta com os personagens. Usar a imaginação para conhecê-los e aprofundá-los interiormente.

Oração: Obrigado, Maria, por ser sensível à manifestação do Senhor em tua vida. Graças por reconhecer o que és e por dar ao Senhor o lugar que Lhe corresponde em tua vida. Obrigado por dizer que o Senhor foi quem fez em ti maravilhas. Obrigado por deixar que Ele fizesse em ti o que fez. Obrigado por confiar e crer n’Ele. Obrigado por mostrar-nos como o Senhor atua e tem atuado na história, como está do lado dos que n’Ele confiam, e como se enfrenta o soberbos e orgulhosos, os egoístas e os prepotentes. Obrigado por dar-nos a confiança de que o Senhor levanta os humildes e os famintos. Maria, intercede por nós para que possamos fazer como tu fizeste, para ter os sentimentos que tu tivestes, para deixarmo-nos conduzir e ser cheios do Senhor como tu foste.

Que assim seja.

Oração: Senhor Jesus, Tua mãe soube reconhecer e manifestar Tua presença nela e na história, e por ter tido a sensibilidade de nos relatar como Tu atuas, o que Te agradas, quem são os Teus privilegiados. Senhor, faz com que aprendamos dela a reconhecer a Tua presença em nosso dia a dia, que possamos descobrir-Te em cada acontecimento, e sabendo como és, como ages, o que gostas, saibamos confiar e esperar em Ti, Senhor, assim como Tua mãe, que reconheceu tudo o que o Pai fez nela. E que, da mesma maneira, possa atuar e saber que sem Ti não sou nada, e que és Tu quem faz tudo em mim.

Que assim seja.

Natal

Oração Final

Menino Jesus, assim como Tua Mãe, vimos a ti para Lhe agradecer e bendizer-Te por tudo o que fazes em nós e por nós. Agradecemos-Te e bendizemos, porque quisestes nos redimir a partir de nossa própria natureza, porque se fizeste um de nós, sendo Tu em tudo semelhante a nós, menos no pecado, porque, assumindo nossa vida, nos deste vida com Tua vida.

Damos-Te graças e Te bendizemos, porque com Teu nascimento dignificaste nossa natureza, nos mostrastes o quanto é sagrada a vida, porque dignificastes a mulher, nascendo Tu mesmo de Maria Virgem. Glorificamos-Te, porque, com Teu nascimento, nos dás fortaleza e alegria, nos enche de gozo e consolo, nos faz renascer na esperança, nos mostras que Tu estás conosco. Bendito e louvado sejas, porque és o Deus que vive e nos dá a vida, que nos conheces por dentro e que nos enche de amor. Bendito e louvado sejas por Teu nascimento e por Tua vida e redenção. Bendito e louvado sejas hoje e sempre!

Que assim seja.